Nono dígito, iPhone e WhatsApp: A gente te ajuda!

Como todos sabem, graças a brilhante ANATEL, no domingo passado, todos os telefones celulares do Rio e Espírito Santo tiveram o dígito 9 acrescido à frente dos números, causando dor de cabeça a muita gente.

A boa notícia é que a migração não precisa ser traumática! Para iOS, existem dezenas de apps que fazem a mudança nos números de sua agenda e em nossos testes, o nonoDígito 2013 se saiu muito bem!

Além de gratuito, ele possui opção de selecionar quais grupos de DDDs você irá atualizar e ainda oferece opção de retornar ao estado anterior da agenda de contatos.

Falando nisso, caso você faça o sync dos seus contatos via iCloud com o Contacts do OS X, vale a pena sempre ter um backup atualizado em caso de problemas. Para isso, abra o Contacts (/Applications/Contacts.app), vá no menu File, Export, Contacts Archive…

Se preferir, você também pode ter um backup dos seus contatos no formato vCard, basta selecionar todos os seus contatos (Command + A), em seguida vá no menu File, Export, Export vCard…

Vale ressaltar que ao acrescentar o dígito 9 aos seus contatos, as chamadas recentes bem como o histórico das mensagens perderão o vínculo com os contatos.

Para finalizar o processo, altere o número do seu celular indo em Settings, Phone, My Number, em seguida desative e reative o iMessage (Settings, Messages) e FaceTime (Settings, FaceTime).

E o WhatsApp?
Segundo eles, a migração ocorrerá de forma automática, sem necessidade de remover o app ou recriar a sua conta.

Já temos relatos de migrações que foram feitas de forma transparente e com sucesso e outros casos onde o processo não transcorreu tão bem…

Postaremos mais informações sobre o WhatsApp assim que soubermos de alguma novidade.

De uns tempos para cá, tem aumentado muito o número  empresas “especializadas” oferecendo “reparos” em iPhones que envolvem troca de peças, como display, bateria e botões.
O grande problema é que o consumidor não sabe que ao efetuar esse tipo de “reparo” ele fica sujeito a perder a garantia, caso ela ainda esteja vigente ou perder a possibilidade de reparos pagos nos casos de aparelhos fora de garantia, ou seja, nenhum outro Centro de Serviço Autorizado ou Apple Store irá efetuar qualquer tipo de serviço nesse iPhone modificado de forma indevida. Portanto, o barato acaba saindo caro.
De fato, nem tão barato assim, pois tais empresas cobram valores bem altos, muitas vezes mais caros que a reposição por um iPhone novo, conforme fazemos na MBE.
Temos recebido muitos iPhones com parafusos faltando, partes mal montadas, peças falsificadas, lacres violados…
Esse post será para esclarecer todas as dúvidas que você possa ter, antes mesmo de levar o iPhone até a MBE. O objetivo é fazer você ganhar tempo e agilizar ao máximo o nosso serviço. 
Vamos lá!
Perguntas frequentes:
Como saber se meu iPhone está em garantia?R: Acesse esse link e digite o número de série do seu iPhone.  
Ok, meu iPhone está em garantia e agora?R: Basta levá-lo na MBE. Funcionamos de segunda à sexta, de 9:00 às 17:30. Por enquanto nenhum Centro de Serviço Autorizado Apple substitui peças no iPhone. Em caso de defeito, ele é trocado por uma unidade nova, com a mesma cor, capacidade e modelo.
E se não estiver em garantia?R: Nesse caso, ele também será  trocado por uma unidade nova, com a mesma cor, capacidade e modelo mediante um valor abaixo de mercado. O iPhone defeituoso deverá ser retornado à Apple. Determinados danos não estão qualificados para o serviço fora da garantia, incluindo danos irrecuperáveis, como o dispositivo estar quebrado em vários pedaços e inoperabilidade devido a modificações não autorizadas. A Apple se reserva ao direito de determinar se o iPhone está ou não qualificado para o serviço fora da garantia.O pagamento pode ser depósito antecipado ou cartão de débito na retirada. Não trabalhamos com cheques. 
E quanto aos meus acessórios?R: Por favor, ao chegar na MBE, retire capas, cases e películas e o cartão SIM. Não há necessidade de deixar nenhum acessório ou caixa. Tenha muita atenção, pois normalmente o seu iPhone será substituído por outro, que não virá com acessórios e afins.  
E quanto aos meus dados?R: Não nos responsabilizamos pelos dados no seu iPhone. Durante o processo de entrada, seus dados serão apagados em sua presença. Antes de levar seu iPhone à MBE, faça backup! 
Como fica a minha garantia após a reposição?R: Garantia de 3 meses ou o restante do tempo original da garantia, o que for o maior; 
Vocês desbloqueiam iPhone ou fazem jailbreak?R:  Não. Inclusive, pelos termos da garantia mundial da Apple, esse procedimento invalida a garantia. Não iremos receber iPhones com jailbreak. Tenha certeza de levar seu iPhone à MBE com o iOS sem modificações que invalidem a garantia. 
Quais modelos de iPhone são elegíveis para garantia e/ou reparo fora de garantia?Todos os modelos em venda atualmente: iPhone 3GS, iPhone 4, iPhone 4S e 5. Um detalhe muito importante é que determinados iPhones, ao contrário dos demais produtos Apple, não possuem garantia mundial. Modelos que não são comercializados no Brasil, aparelhos importados bloqueados e aparelhos de determinados países da Europa e Ásia não são elegíveis a garantia e tampouco suporte pago no Brasil. Nossa equipe de atendimento fará essa verificação no momento da entrada do seu iPhone. Tais iPhones só podem ser reparados no país de origem. 
O que é caracterizado com dano acidental?R: Quedas, impactos, danos estéticos, exposição a umidade, abertura não autorizada, troca de peças não autorizada, falta de peças, quebra do conector do fone dentro da unidade, conector do dock quebrado, etc. Caso haja dúvidas sobre o termo de garantia mundial da Apple, por gentileza entre em contato com 0800-761-0880. 
Qual o prazo para o reparo no meu iPhone?R: O prazo estimado é de 7 a 12 dias úteis. No próximo mês esse prazo irá cair para cerca de 5 dias úteis. 
A garantia mundial da Apple cobre problemas de software, incluindo apps e iOS?R: Não. Para problemas de software, consulte antes o site de suporte da Apple. Problemas de software solucionados pela MBE serão cobrados. Para mais informações, entre em contato conosco antes de enviar seu iPhone.
Caso você ainda tenha alguma dúvida, entre em contato conosco através do email online@mbe.net.br e lembre-se sempre de enviar o número de série do seu iPhone.
Vale lembrar que os novos iPhones 5c e 5s lançados hoje não terão nenhum suporte no Brasil até que sejam lançados oficialmente por aqui. #FikDik ;)

De uns tempos para cá, tem aumentado muito o número  empresas “especializadas” oferecendo “reparos” em iPhones que envolvem troca de peças, como display, bateria e botões.

O grande problema é que o consumidor não sabe que ao efetuar esse tipo de “reparo” ele fica sujeito a perder a garantia, caso ela ainda esteja vigente ou perder a possibilidade de reparos pagos nos casos de aparelhos fora de garantia, ou seja, nenhum outro Centro de Serviço Autorizado ou Apple Store irá efetuar qualquer tipo de serviço nesse iPhone modificado de forma indevida. Portanto, o barato acaba saindo caro.

De fato, nem tão barato assim, pois tais empresas cobram valores bem altos, muitas vezes mais caros que a reposição por um iPhone novo, conforme fazemos na MBE.

Temos recebido muitos iPhones com parafusos faltando, partes mal montadas, peças falsificadas, lacres violados…

Esse post será para esclarecer todas as dúvidas que você possa ter, antes mesmo de levar o iPhone até a MBE. O objetivo é fazer você ganhar tempo e agilizar ao máximo o nosso serviço. 

Vamos lá!

Perguntas frequentes:

  1. Como saber se meu iPhone está em garantia?
    R: Acesse esse link e digite o número de série do seu iPhone. 
     
  2. Ok, meu iPhone está em garantia e agora?
    R: Basta levá-lo na MBEFuncionamos de segunda à sexta, de 9:00 às 17:30. Por enquanto nenhum Centro de Serviço Autorizado Apple substitui peças no iPhone. Em caso de defeito, ele é trocado por uma unidade nova, com a mesma cor, capacidade e modelo.

  3. E se não estiver em garantia?
    R: Nesse caso, ele também será  trocado por uma unidade nova, com a mesma cor, capacidade e modelo mediante um valor abaixo de mercado. O iPhone defeituoso deverá ser retornado à Apple. Determinados danos não estão qualificados para o serviço fora da garantia, incluindo danos irrecuperáveis, como o dispositivo estar quebrado em vários pedaços e inoperabilidade devido a modificações não autorizadas. A Apple se reserva ao direito de determinar se o iPhone está ou não qualificado para o serviço fora da garantia.

    O pagamento pode ser depósito antecipado ou cartão de débito na retirada. Não trabalhamos com cheques. 

  4. E quanto aos meus acessórios?
    R: Por favor, ao chegar na MBE, retire capas, cases e películas e o cartão SIM. Não há necessidade de deixar nenhum acessório ou caixa. Tenha muita atenção, pois normalmente o seu iPhone será substituído por outro, que não virá com acessórios e afins.
      
  5. E quanto aos meus dados?
    R: Não nos responsabilizamos pelos dados no seu iPhone. Durante o processo de entrada, seus dados serão apagados em sua presença. Antes de levar seu iPhone à MBE, faça backup! 

  6. Como fica a minha garantia após a reposição?
    R: Garantia de 3 meses ou o restante do tempo original da garantia, o que for o maior;
     
  7. Vocês desbloqueiam iPhone ou fazem jailbreak?
    R:  Não. Inclusive, pelos termos da garantia mundial da Apple, esse procedimento invalida a garantia. Não iremos receber iPhones com jailbreak. Tenha certeza de levar seu iPhone à MBE com o iOS sem modificações que invalidem a garantia.
     
  8. Quais modelos de iPhone são elegíveis para garantia e/ou reparo fora de garantia?
    Todos os modelos em venda atualmente: iPhone 3GS, iPhone 4, iPhone 4S e 5. Um detalhe muito importante é que determinados iPhones, ao contrário dos demais produtos Apple, não possuem garantia mundial. Modelos que não são comercializados no Brasil, aparelhos importados bloqueados e aparelhos de determinados países da Europa e Ásia não são elegíveis a garantia e tampouco suporte pago no Brasil. Nossa equipe de atendimento fará essa verificação no momento da entrada do seu iPhone. Tais iPhones só podem ser reparados no país de origem.
     
  9. O que é caracterizado com dano acidental?
    R: Quedas, impactos, danos estéticos, exposição a umidade, abertura não autorizada, troca de peças não autorizada, falta de peças, quebra do conector do fone dentro da unidade, conector do dock quebrado, etc. Caso haja dúvidas sobre o termo de garantia mundial da Apple, por gentileza entre em contato com 0800-761-0880.
     
  10. Qual o prazo para o reparo no meu iPhone?
    R: O prazo estimado é de 7 a 12 dias úteis. No próximo mês esse prazo irá cair para cerca de 5 dias úteis.
     
  11. A garantia mundial da Apple cobre problemas de software, incluindo apps e iOS?
    R: Não. Para problemas de software, consulte antes o site de suporte da Apple. Problemas de software solucionados pela MBE serão cobrados. Para mais informações, entre em contato conosco antes de enviar seu iPhone.

Caso você ainda tenha alguma dúvida, entre em contato conosco através do email online@mbe.net.br e lembre-se sempre de enviar o número de série do seu iPhone.

Vale lembrar que os novos iPhones 5c e 5s lançados hoje não terão nenhum suporte no Brasil até que sejam lançados oficialmente por aqui. #FikDik ;)

WWDC 2013: iOS 7

Depois de anos estagnado, vendo a concorrência (leia-se Android e até mesmo Windows Phone 8) abrindo vantagem, finalmente a Apple apresentou uma atualização com novidades relevantes.

Design

Com uma tipografia (lembrando Helvetica Neue) e paleta de cores completamente renovadas, o novo iOS tem um visual mais leve que seu antecessor, abusando de camadas translúcidas e efeitos de paralaxe usando o giroscópio e acelerômetro.

Os ícones foram todos renovados com um design flat, seguindo a tendência da interface Metro da Microsoft. Tal qual o OS X Mavericks, os elementos de skeuomorphism, adorados por Scott Forstall, foram removidos.

O novo design está longe de ser unanimidade, como por exemplo, esse post no The Verge, onde Joshua Topolsky reclama de inconsistência em diversos aspectos da nova interface.

Um detalhe que percebi é que todas as fotos e vídeos usam iPhones 5 brancos e tenho a nítida impressão que o novo design se integra melhor à ele do que a versão na cor preta. Talvez em iPhones pretos, a interface muito colorida e clara se destaque de forma negativa. A confirmar.

Lá no MacMagazine tem algumas screenshots bem legais do iOS 7.

Control Center

A “novidade”, que existia desde sempre via SBSttings, permite o acesso rápido a diversos atalhos como Airplane mode, Wi-Fi, Bluetooth, volume, brilho e etc. Seria legal poder customizar os atalhos.

Notification Center

Disponível na tela bloqueada, o Notification Center parece ter organizado melhor as informações relevantes do dia, agrupando as notificações em hoje, todas e perdidas.

Multitasking

Demorou, mas parece que agora a Apple acertou o recurso de multitarefa , se inspirando na cara dura no finado WebOS.

Câmera

O app câmera agora possui 4 modos: fotos, fotos quadradas (estilo Instagram), vídeo e panorâmica, além de acrescentar uma série de filtros.

Fotos

O App agora organiza as fotos em “momentos” agrupando por data, local e coleções.

AirDrop

Recurso herdado do OS X, permite trocar arquivos de forma fácil e segura via wireless.

iTunes Radio

O serviço de streaming da Apple chega para competir em mercado cheio de alternativas como Spotify, Last.fm e Pandora. O Serviço, gratuito (com propaganda para não assinantes do iTunes Match) é integrado a iTunes Store, facilitando a compra de músicas.

Find My iPhone

Eis um recurso muito bem vindo! Se você perder ou se roubarem o seu iPhone, para excluir os dados, o meliante vai precisar do seu Apple ID e senha, sem isso, nada feito.

Além disso, mesmo que o restore seja feito, o seu iPhone permanecerá vinculado ao seu Apple ID e sem ele, não será possível ativá-lo.


No que diz respeito a ambientes corporativos, o novo iOS trará novidades para MDM, gestão de licenças de Apps, VPN sob demanda por aplicação possibilidade de single sign-on.


Ainda restam cerca de 3 meses até a versão final, certamente teremos mais novidades até lá!

FontBook é uma das mais completas ferramentas de referência tipográficas do mercado e agora, na sua versão 3.0, está disponível como um app universal para iOS.

O app possui em seu banco de dados cerca de 37.000 fontes que podem ser comparadas e salvas como favoritas. Os favoritos e preferências são sincronizados entre dispositivos via iCloud.

E o pessoal do escritório de design MINIMAL não para! Depois das pulseiras, relógios e canetas capacitivas da Lunatik, agora eles, novamente via Kickstarter, apresentam um novo projeto: Lunatik TAKTIK.

A Taktik é um super case desenhada para proteger iPhones 4 e 4S de praticamente qualquer tipo de abuso.

Apesar de não ser tão compacta como uma case comum, a TAKTIK, surpreende pelo belo design e pela atenção aos pequenos detalhes, como as proteções para a saída do fone e dock connector.

O financiamento já está em quase US$ 45.000 e almeja o total de US$ 150.000 nos próximos 29 dias.


Já havíamos comentado aqui, que somos o único Centro de Serviço Autorizado a ter um canal exclusivo de suporte a iPhones. 
Agora iremos periodicamente postar dicas e artigos de suporte oficiais da Apple para ajudá-los a resolver eventuais problemas com o seu iDevice.
E claro, pode contar sempre conosco para suporte autorizado em garantia ao seu iPhone e qualquer outro produto Apple. ;)

ATUALIZAÇÃO
Para dúvidas, cotações e sugestões, fale com a gente aqui: mbe.net.br/online

image

Já havíamos comentado aqui, que somos o único Centro de Serviço Autorizado a ter um canal exclusivo de suporte a iPhones. 

Agora iremos periodicamente postar dicas e artigos de suporte oficiais da Apple para ajudá-los a resolver eventuais problemas com o seu iDevice.

E claro, pode contar sempre conosco para suporte autorizado em garantia ao seu iPhone e qualquer outro produto Apple. ;)

ATUALIZAÇÃO

Para dúvidas, cotações e sugestões, fale com a gente aqui: mbe.net.br/online


Todo o carioca sabe, a cor desse verão foi laranja, mais precisamente laranjinha! Essa é a cor das bicicletas do Bike Rio, projeto de mobilidade urbana da Prefeitura do Rio em parceria com o Itaú e a SAMBA.
No último dia 23, o projeto alcançou a incrível marca de 500.000 viagens, desde a sua inauguração em outubro de 2011.
O principal objetivo do projeto é fornecer a população uma alternativa sustentável e não poluente de transporte público, através do aluguel de bicicletas, com opções de passes mensais e passes com duração de 1 hora.
O passe mensal custa R$ 10,00 e dá direito ao uso das bicicletas por um período de até 1 hora, com intervalos de 15 minutos entre cada período de uso. Caso você queira usar mais de 1 hora sem intervalo, é cobrado o adicional de R$ 5,00 por hora.
Os passes podem ser comprados pelo telefones 4063-3111 ou 3005-4316, ou através do ótimo app para iPhone. O app permite também localizar as estações mais próximas de você, saber o status de cada uma delas e, obviamente, liberar a bicicleta para uso.O app usa o Notification Center do iOS para avisar sobre passes expirados e mensagens do sistema.
Existe também uma versão do app para Android.
 
O Bike Rio possui atualmente 55 estações alimentadas por energia solar, 550 bicicletas e prevê no futuro 300 estações com 3.000 bicicletas. Que fique claro, que essa meta só poderá ser plenamente alcançada com a extensão da malha de ciclovias na cidade. 

Salvo problemas pontuais, o serviço funciona muito bem, com manutenção constante nas bicicletas e estações bem como atendimento cordial pela equipe do call center. Inclusive na MBE algumas pessoas usam com regularidade para deslocamentos próximos, não temos do que reclamar!
Apesar desse ótimo início, cabe ressaltar que a Prefeitura ainda tem um longo caminho para ampliar o serviço para outras regiões da cidade, como a zona oeste e zona norte e principalmente oferecer uma solução para que todas as regiões da cidade possam ser interligadas de forma viável. Numa cidade onde o transporte público de massa é extremamente falho, alternativas como essa podem de fato fazer a diferença.

Todo o carioca sabe, a cor desse verão foi laranja, mais precisamente laranjinha! Essa é a cor das bicicletas do Bike Rio, projeto de mobilidade urbana da Prefeitura do Rio em parceria com o Itaú e a SAMBA.

No último dia 23, o projeto alcançou a incrível marca de 500.000 viagens, desde a sua inauguração em outubro de 2011.

O principal objetivo do projeto é fornecer a população uma alternativa sustentável e não poluente de transporte público, através do aluguel de bicicletas, com opções de passes mensais e passes com duração de 1 hora.

O passe mensal custa R$ 10,00 e dá direito ao uso das bicicletas por um período de até 1 hora, com intervalos de 15 minutos entre cada período de uso. Caso você queira usar mais de 1 hora sem intervalo, é cobrado o adicional de R$ 5,00 por hora.

Os passes podem ser comprados pelo telefones 4063-3111 ou 3005-4316, ou através do ótimo app para iPhone. O app permite também localizar as estações mais próximas de você, saber o status de cada uma delas e, obviamente, liberar a bicicleta para uso.
O app usa o Notification Center do iOS para avisar sobre passes expirados e mensagens do sistema.

Existe também uma versão do app para Android.

 

O Bike Rio possui atualmente 55 estações alimentadas por energia solar, 550 bicicletas e prevê no futuro 300 estações com 3.000 bicicletas. Que fique claro, que essa meta só poderá ser plenamente alcançada com a extensão da malha de ciclovias na cidade. 

Salvo problemas pontuais, o serviço funciona muito bem, com manutenção constante nas bicicletas e estações bem como atendimento cordial pela equipe do call center.

Inclusive na MBE algumas pessoas usam com regularidade para deslocamentos próximos, não temos do que reclamar!

Apesar desse ótimo início, cabe ressaltar que a Prefeitura ainda tem um longo caminho para ampliar o serviço para outras regiões da cidade, como a zona oeste e zona norte e principalmente oferecer uma solução para que todas as regiões da cidade possam ser interligadas de forma viável. Numa cidade onde o transporte público de massa é extremamente falho, alternativas como essa podem de fato fazer a diferença.